RECOMENDAÇÃO DE 50.000 MILHAS/ 80.000 KM

O que é que o seu conta-quilómetros indica?

OS ESPECIALISTAS RECOMENDAM A SUBSTITUIÇÃO DOS AMORTECEDORES E ESCORAS GASTOS A CADA 50.000 MILHAS / 80.000 KM*

Para ajudar os condutores a protegerem a sua segurança de condução, os engenheiros de controlo de condução sugerem que os amortecedores automóveis e escoras sejam substituídos às 50.000 Milhas / 80.000km. Além disso, é sempre boa ideia pedir ao seu prestador de serviços automóveis para realizar uma verificação de segurança completa do sistema de chassis - incluindo componentes do controlo de condução - a cada 12.000 milhas/ 20.000 km.

Os componentes de controlo de condução desgastam-se devido à condução diária e a uma variedade de condições de carga e estrada
RECOMENDAÇÃO DE 50.000 MILHAS/ 80.000 KM
  • Os amortecedores e escoras poderão não mostrar quaisquer sinais visíveis de desgaste, mas os componentes internos podem já ter passado a sua vida útil
  • Os amortecedores e escoras típicos realizam uma média de 1.750 ciclos por milha –isso são 21 milhões de ciclo em 12.000 milhas!
  • Os amortecedores e escoras são suscetíveis a desgaste adicional causado pelo uso intenso e severas condições de estrada / ambientais
  • Os componentes do controlo de condução interagem com e dependem de outras peças fundamentais da direcção e suspensão
RECOMENDAÇÃO DE 50.000 MILHAS/ 80.000 KM
Recomendação de Substituição a cada 50.000 Milhas / 80.000 Km* Ajuda a melhorar as características de manobrabilidade do veículo e conforto
Um novo conjunto de amortecedores pode melhorar mais do que apenas a sua condução. Eles ajudam a melhorar a travagem e manobrabilidade sob determinadas condições de condução e tornam os veículos mais seguros e mais fáceis de controlar. Isto ajuda a tornar a estrada mais segura para todos.

Apenas um amortecedor com degradação a 50% no seu veículo pode aumentar as distâncias de paragem até 10 pés sob determinadas condições de condução.

*A 60 milhas/hora. Testes realizados em superfície seca e instável. A quilometragem real pode variar, dependendo da capacidade do condutor, tipo de veículo e tipo de condições de condução e da estrada
MONROE SHOCKS & STRUTS: PROTECT WHAT MATTERS